quarta-feira, 9 de julho de 2008

A tradutora


***Fabiana Macchi, tradutora de 'Por que a criança cozinha na polenta'***

Deus


"SE SOMOS A IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS, ENTÃO TAMBÉM PODEMOS SER TÃO FAMOSOS QUANTO ELE."

Cai



"SE MINHA MÃE CAI, ELA NÃO MORRE DE BRINCADEIRA."

Abandonado

"TALVEZ NOSSOS PAIS TENHAM NOS ABANDONADO PORQUE EU NÃO QUERO FICAR PENDURADA PELOS CABELOS."

Acredita


"E NINGUÉM ACREDITA QUE MINHA MÃE FIQUE PENDURADA PELOS CABELOS."

Beijo


"Na minha língua, só sei escrever BEIJO."

Dizem

"AS CRIANÇAS DIZEM QUE a escola leva muitos anos."

Tornou-se


"MINHA IRMÃ TORNOU-SE MINHA MÃE."

Desmontado


"AQUI, A COMIDA TEM GOSTO DE CIRCO SENDO DESMONTADO."

Medo


"AS PESSOAS SÃO BOAS PORQUE TÊM MEDO DO DEMÔNIO."

Caixa

"SONHO QUE MINHA MÃE MORRE. ELA ME DEIXA UMA CAIXA COM A BATIDA DO SEU CORAÇÃO."

A criança

"A CRIANÇA TEM GOSTO DE GALINHA?
CORTAM A CRIANÇA EM FATIAS?
COMO É QUANDO OS OLHOS ESTOURAM?"

Horríveis

"Minha irmã tem de inventar coisas cada vez mais horríveis para a história da CRIANÇA NA POLENTA."

Estrangeiros

"QUANTOS ESTRANGEIROS HAVERÁ?"

Tempo

" O TEMPO CONGELA."